O Wi-Fi é grátis mas seus dados não

Quando você chega em um estabelecimento, como o aeroporto por exemplo, e está com urgência para se conectar a internet, acaba utilizando o sinal de Wi-Fi disponível gratuitamente nesses ambientes. Ocorre que quando algo é de graça é porque a mercadoria é você. No caso dos sinais de Wi-Fi gratuitos a mercadoria são seus dados pessoais.

Funciona da seguinte maneira: Você se conecta a uma rede de Wi-Fi em algum estabelecimento público e para que possa usufruir da conexão deve efetuar um cadastro.

Esse cadastro contém diversas informações, como seu facebook, e-mail, telefone, nome e/ou demais dados adicionais que a administradora dessa rede solicite.

Pois bem, uma vez que a empresa recebe esses dados ela pode ter acesso inclusive ao seu número de CPF, uma vez que para fazer o cadastro de um e-mail por exemplo, é necessário informar esse dado.

De posse dos seus dados, a empresa de Dataminer confirma se seu CPF é válido e o robô que faz o cruzamento de dados pode saber se você efetuou uma compra, ou qual sua rotina de comércio e quais produtos você tem predisposição para consumir, dessa maneira ela pode disparar promoções direcionadas para você fazendo com que assim você seja mais estimulado ainda ao consumo.

Portanto, vale a reflexão e o conhecimento para que você possa usar os serviços mas saber o que de fato ocorre com seus dados e o grande valor que eles possuem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.